Estrada de Claudino Faro - Distrito de Cantagalo

Publié le par GIMESTP

A Estrada em terra ET 209 tem a sua origem em Agua Izé e termina em Milagrosa, passando por Anselmo Andrade, Bernardo Faro, Claudino Faro, Bombaim e Santa Adelaide.

O troço entre Claudino Faro e Bombaim, não está actualmente transitável devido à presencia de derrocadas e por a queda de uma ponte.

O troço no Distrito de Cantagalo, entre Agua Izé e Claudino Faro, que mede cerca de 16 km, foi reabilitado na década 90 pelo projecto de Luta contra a pobreza, facilitando assim  o acesso a 5 ex dependência de Agua Izé, Claudino Faro, Bernardo Faro, Anselmo Andrade, Olivares Marim e Mato Cana. A estrada reveste uma extrema importância sendo a única via de acesso às referidas localidades onde se concentra boa parte da produção agrícola do Distrito de Cantagalo.

O Instituto Nacional de Estradas em 2006 incluiu esta estrada no programa de manutenção corrente da rede rodoviária nacional.

Os trabalhos de manutenção foram confiados à Associação Boca do Inferno GIME 20 com sede em Agua Izé, cujo presidente e gestor é o senhor Arlindo Ramos da Cruz.

O GIME iniciou assim uma serie de intervenções de manutenção corrente e extraordinária que permitiram de manter o transito no troço, apesar dos inúmeros problemas enfrentados tais como grandes derrocadas, quedas de arvores e problemas de erosão nos taludes.

Desde 2007 e com apoio financeiro da Comissão Europeia, foram investidos nos trabalhos de manutenção corrente deste troço cerca de 768 000 000 de dobras (31 350 euros) e cerca de 605 000 000 de dobras (24 700 euros) para obras de manutenção extraordinária, tais como remoção de derrocadas, intervenções de estabilização dos taludes, reabilitação de pontes e pontões e do sistema de drenagem.

Publié dans Manutenção estradas

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article